mantenha-se informado
com os NOSSOS boletins

Ordenar

ESPECIAL DIA DAS MÃES: ASSOCIADA CONTA COMO É A EXPERIÊNCIA DE TRABALHAR JUNTO COM OS FILHOS

Fonte: Associação Comercial e Industrial de Campo Grande / Data: 11/05/2018

Especial dia das mães: associada conta como é a experiência de trabalhar junto com os filhos

Conciliar a profissional e materna não é fácil. Depois que os filhos crescem, porém, a rotina já passa a ser conhecida e tudo toma o seu devido lugar. Mas como essa dinâmica funciona na vida de uma mãe que tem seus filhos como verdadeiros parceiros em sua empresa? Será que as coisas fluem melhor ou é apenas mais uma dor de cabeça para harmonizar os assuntos domésticos com os profissionais? Conversamos com a associada da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Jucéia Barbosa. Ela possui um escritório de contabilidade homônimo e trabalha com os filhos Samir Nehme e Samira Barbosa.

“Quando eles eram pequenos chegaram a ter raiva da contabilidade, já que eu ficava muito ausente no escritório e eles sentiam a minha falta. Com o tempo, foram notando que os clientes gostavam de mim e do meu trabalho, um trabalho que me dedico muito, eles viram a minha paixão pela contabilidade e com isso eles foram também se interessando, vindo para o escritório, fazendo o trabalho de casa aqui e isso fez com que eles se envolvessem. Claro que apoiei, o nosso escritório já está na terceira geração, veio do meu pai, está passando por mim e eles já estão aqui”, destaca Jucéia.

Segundo ela, ser mãe e empresária é complicado: “a responsabilidade é maior, nem sei como consegui, nesses anos todos, lidar com essa questão das duas funções”, pondera. Além dessas duas atividades, Jucéia é também presidente do abrigo A Minha Casa, em Campo Grande, e vice-presidente da Associação de Contadores: “eu sei que é uma tarefa muito grande e tenho certeza que Deus me ajuda bastante para que eu consiga assumir todos esses papéis”, completa.

“Meus filhos são muito responsáveis e a nossa relação no trabalho é muito boa, cada um em seu setor. Sentamos, conversamos, discutimos tudo o que tiver que ser discutido, mas quando chegamos em casa eles não deixam de ser filhos e irmãos. Jantamos juntos, saímos juntos, passeamos e se tiver que viajar todos vamos juntos etc. Não interfere nada: nossa empresa é a extensão da nossa família”, declara a empresária.

Para as mães que se encontram na mesma condição, Jucéia dá algumas dicas: “muito amor, harmonia, compreensão entre as partes, o diálogo é a melhor solução para tudo, a palavra é o que resolve”, aconselha.

 

Imagem: Vanessa Rios